“Corpo bonito é aquele que tem uma pessoa feliz dentro dele.”

Em meio ao bombardeio de tantos “ideais”, pode ser um grande desafio aceitar as coisas como elas se apresentam.

Negligenciei meu corpo físico durante décadas porque sempre valorizei mais o intelecto e outras expressões abstratas do Ser. O fato de ter uma constituição favorável também contribuiu, confesso rs. Ocorre que a conta sempre chega, cedo ou tarde, afinal, nosso corpo físico é nossa principal ferramenta nesse plano, além de ser o nosso Templo.

Hoje, finalmente, tenho direcionado minha atenção ao meu corpo físico… São vários os motivos, mas o mais importante e especial é o desejo sincero de me habitar. Estar na matéria sempre me exigiu muito e quase sempre foi sinônimo de sofrimento para mim (vou contando as resenhas aqui aos poucos), mas nada como um Templo receptivo (além de fazer as pazes com o panteão rs!) para que Eu possa transbordar o que trago de mais elevado. ^^

Já dizia um estimado poeta: “Deus criou os corpos para serem os templos das almas. Devemos cuidar desses templos para que sejam dignos da divindade que neles mora.”

Nosso corpo físico guarda tantas memórias… Tantas quantas há no Universo. Muitas não nos permitem viver a vida que viemos ter, mantendo-nos num verdadeiro aprisionamento com requintes de tortura.

O Tantra tem um espaço fundamental na minha vida, pois vivo minha espiritualidade através da minha sexualidade e também direciono minha energia vital/sexual/criativa para a cura (equilíbrio) de todos os meus corpos, inclusive o físico.

Estou naquele momento de profunda purificação, liberando conteúdos emocionais impregnados no meu corpo físico desde muuuuito antes de Simone – quiçá Prem Veeta!
É sofriiiido o bereguedê… Mas uma vez que sustento a travessia também chego, finalmente, onde me cabe… Ocupo meu lugar na Vida… Por isso, por mais que doa, também há paz em meu coração e a certeza de que está tudo certo. =)

E você? Me conte, como está sua relação com o seu corpo físico?

📝+💜 @premveeta

***

Amidst the bombardment of so many “ideals”, it can be very challenging to accept things as they are.

I neglected my physical body for decades because I always valued more the intellect and other abstract expressions of Being. The fact that I have a favorable constitution also contributed, I confess lol. But the bill always arrives, sooner or later, after all, our physical body is our main tool in this plan, besides being our Temple.

Today, finally, I have directed my attention to my physical body… There are several reasons, but the most important and special one is the sincere desire to inhabit myself. Being in matter has always demanded a lot from me and has almost always been synonymous of suffering for me (I’ll tell the reviews here little by little), but there is nothing like a receptive Temple (besides making peace with the pantheon lol!) so that I can overflow what I bring from the highest. ^^

An esteemed poet once said: “God created bodies to be the temples of souls. We must take care of those temples so that they are worthy of the divinity that dwells in them.”

Our physical body holds so many memories… As many as there are in the Universe. Many of them do not allow us to live the life we came to have, keeping us in a real imprisonment with torture refinements.

Tantra has a fundamental space in my life, because I live my spirituality through my sexuality and also direct my vital/sexual/creative energy for the healing (balance) of all my bodies, including the physical one.

I am in that moment of deep purification, releasing emotional contents that have been impregnated in my physical body since long before Simone – maybe Prem Veeta!
It’s a lot of suffering… But once I sustain the crossing, I finally arrive where I belong… I take my place in Life… So, as much as it hurts, there is also peace in my heart and the certainty that everything is right =)

What about you? Tell me, how is your relationship with your physical body?

Foto: @brumcatarine

#humansexuality #bodyconsciousness #presence #templebody #sexualidadehumana #presença #conscienciacorporal #corpotemplo

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As postagens e artigos deste Blog são de responsabilidade de suas autoras e não expressam necessariamente a opinião da Abratantra, que se manifestará sempre editorialmente.

Mais de 100 Terapeutas Tântricas e Tântricos associadas