“Corpo bonito é aquele que tem uma pessoa feliz dentro dele.”

Em meio ao bombardeio de tantos “ideais”, pode ser um grande desafio aceitar as coisas como elas se apresentam, especialmente tratando-se do nosso corpo físico.

Já dizia um estimado poeta: “Deus criou os corpos para serem os templos das almas. Devemos cuidar desses templos para que sejam dignos da divindade que neles mora.”

Nosso corpo físico guarda tantas memórias… Tantas quantas há no Universo. Muitas surgiram antes mesmo de nós e representam verdadeiros entraves rumo à vida que viemos ter, mantendo-nos num verdadeiro aprisionamento com requintes de tortura.

A terapêutica tântrica facilita o reconhecimento e liberação dessas memórias.

Se mudarmos algo em nosso corpo físico sem compreender a real fonte de nossa insatisfação, toda intervenção corporal sempre tenderá a parecer insuficiente. Conhecer os motivos que nos levam a intervir no nosso mundo material começa com uma decisão no nosso mundo sutil… De conectar-se com nossas emoções, entender os sentimentos gerados através delas, vivenciar com presença o que é necessário, e, por fim, liberar o que já não serve mais – algo que ocorre dos corpos mais sutis até o físico. Esse processo representa um ciclo básico de atuação da terapêutica tântrica, facilitada por um@ terapeuta devidamente capacitad@.

Uma vez que tornou-se clara a “raiz do problema” de alguma insatisfação com o corpo físico e transmutou-se isso através do processo terapêutico, nossa autopercepção para conosco deixa de ser de inadequação e imperfeição, para tornar-se originalidade e perfeição, bem como a intervenção, que antes seria feita por um motivo ligado a autodepreciarão, faz-se por autoamor e autocuidado.

E você? Me conte, como está sua relação com o seu corpo físico?

📝+💜 @premveeta
Foto: @brumcatarine

***

Amidst the bombardment of so many “ideals”, it can be quite a challenge to accept things as they are, especially when it comes to our physical body.

As a beloved poet once said: “God created bodies to be the temples of souls. We must take care of these temples so that they are worthy of the divinity that dwells in them.”

Our physical body holds so many memories… As many as there are in the Universe. Many of them appeared even before us and represent real obstacles to the life we came to have, keeping us in a real imprisonment with torture qualities.

Tantric therapy facilitates the recognition and release of these memories.

If we change something in our physical body without understanding the real source of our dissatisfaction, any body intervention will always tend to seem insufficient. Knowing the reasons that lead us to intervene in our material world begins with a decision in our subtle world… To connect with our emotions, understand the feelings generated by them, experience with presence what is necessary, and finally release what no longer serves – something that occurs from the subtler bodies to the physical one. This process represents a basic cycle of Tantric therapy, facilitated by a properly trained therapist.

Once the “root of the problem” of some dissatisfaction with the physical body becomes clear and is transmuted through the therapeutic process, our self-perception of ourselves ceases to be inadequacy and imperfection, and becomes originality and perfection, and the intervention, which before would have been done for a reason linked to self-deprecation, becomes one of self-love and self-care.

What about you? Tell me, how is your relationship with your physical body?

📝+💜 @premveeta
Photo: @brumcatarine

#humansexuality #bodyconsciousness #presence #templebody #sexualidadehumana #presença #conscienciacorporal #corpotemplo #humandevelopment #selfnowledge #individuation #selfawareness #tantrictherapy #individuacao #desenvolvimentohumano #autoconsciencia #autoconhecimento #terapiatantrica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As postagens e artigos deste Blog são de responsabilidade de suas autoras e não expressam necessariamente a opinião da Abratantra, que se manifestará sempre editorialmente.

Mais de 100 Terapeutas Tântricas e Tântricos associadas