O que dói não é a separação, mas sim a sensação de fracasso!

Quando um relacionamento acaba, acaba também sonhos, projetos e muitas outras pretensões que você planejava para sua vida.

A sensação de fracasso, de não ter conseguido e de incapacidade é que te faz sofrer, fora os sentimentos de preocupação e culpa quando se tem filhos envolvidos na relação.

E são essas sensações que detonam sua autoestima, que te impede de refazer sua vida, não permite encontrar prazer em nada que você faça.

É nesse momento que muitas pessoas tentam voltar para uma relação sem sentido, às vezes abusiva. Na verdade, você não está querendo a relação em si, mas sim a esperança de ter prazer, e concluir seus projetos, mas acaba vivendo novamente todos os sofrimentos de uma relação sem sentido.

Você precisa viver esse luto, elaborar essa perda para seguir em frente. É uma oportunidade de uma vida nova cheia de possibilidades.

Mas só conseguirá entender assim, quando começar a sentir prazer pela sua vida. O prazer é fundamental para recuperar sua autoestima e assim perceber como é bom ser você, como sua vida pode ser gostosa.

Mais uma vez o velho clichê do autoconhecimento se torna fundamental para este momento.

O tantra nos ensina que a liberdade é o principal valor para que possamos desenvolver o amor. Essa liberdade passa pela sua capacidade de sentir prazer em todos os aspectos da sua vida. Neste sentido as práticas tântricas têm muito a ajudar a passar pelo processo de separação de forma a recuperar sua autoestima e o prazer em viver em seu corpo.

– Bruno Lima / Surya Shanti | @brunolimaterapeuta | Terapeuta Tântrico Renascedor

Créditos da Imagem: freepik.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As postagens e artigos deste Blog são de responsabilidade de suas autoras e não expressam necessariamente a opinião da Abratantra, que se manifestará sempre editorialmente.

Mais de 100 Terapeutas Tântricas e Tântricos associadas