Fui me confessar ao mar…

Fluir na Vida é uma arte.

Por um lado é possível “levar caldos” e apanhar das ondas, rolando na areia numa esfoliação nada agradável… Pode-se passar pela diversão de aprender a pular ondinhas… E até pegar as manhas de saber boiar e se direcionar usando as marés ao nosso favor. ^^

Bom e ruim, útil e inútil… Dentre infinitas expressões de polaridade… Nada mais são do que a expressão do nível de consciência de quem experimenta.

Aprender a fluir na Vida trata-se de lembrar que quando uma gota entra no mar ela deixa de ser gota para tornar-se o próprio mar.

Simbora aprender a fluir melhor, cada vez mais, e surfar ao invés de afogar quando as ondas grandes vierem.

Precisando de companhia nessa labuta?
Me deixe saber! ;D

📝+💜 @premveeta

To flow in Life is an art.

On the one hand you can drown and get caught in the waves, rolling in the sand in a not very pleasant scrub… You can have the fun of learning to jump in the waves… And you can even learn how to float and use the tides to your advantage. ^^

Good and bad, useful and useless… Among infinite expressions of polarity… They are nothing more than the expression of the level of consciousness of the one experiencing them.

Learning to flow in Life is about remembering that when a drop enters the sea it stops being a drop and becomes the sea itself.

Let’s learn to flow better, more and more, and surf instead of drowning when the big waves come.

Need company in this struggle?
Let me know!

#letsflow #humansexuality #tantrictherapy #humandevelopment #selfnowledge #individuation #selfawareness #sexualidadehumana #individuacao #desenvolvimentohumano #autoconsciencia #autoconhecimento #terapiatantrica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As postagens e artigos deste Blog são de responsabilidade de suas autoras e não expressam necessariamente a opinião da Abratantra, que se manifestará sempre editorialmente.

Mais de 100 Terapeutas Tântricas e Tântricos associadas