Meditação transforma

Meditação transforma, por Marild Gasha

Historicamente, a meditação é uma arte ancestral, que remonta à origem do Homem. Não se sabe ao certo de onde ela provém, mas é certo que ela se propagou em vários povos e culturas distintas, foi conhecida de formas diferentes em cada região do Planeta. Vêm da China e da Índia os mais antigos relatos sobre meditação, datando de cerca 1.500 a.C. na filosofia Vedanta do hinduísmo, e em torno de 500-600 ac. com os taoístas na China.

Vista pelos orientais como práticas para acalmar mente e o corpo e que criam um caminho para a iluminação ou a realização espiritual e pelos ocidentais como práticas onde há o controle das emoções e pensamentos através de um foco definido, o fato é que por todo o mundo é possível perceber a meditação como uma manifestação social relevante.

MEDITAÇÃO NO MUNDO:

1. Índia: Budismo, Jainismo, Hinduismo, Yoga

2. Tibet: Budismo

3. Japão: Zen, Xintoísmo 

4. China: Taoismo, Confucionismo

5. Ocidente: Misticismo Cristão 

6. Meio oriente: Islamismo, Sufismo, Judaísmo 

7. Mundo Ocidental Moderno: Mindfulness, Meditação Transcendental, Meditações Ativas.

Além da meditação fazer parte das religiões supra citadas, dos diversos sistemas da yoga, de correntes espiritualistas ou esotéricas e de algumas artes marciais orientais, como o tai chi chuan e o aikido, ela tem sido cada vez mais estudada e praticada fora desses âmbitos, segundo os critérios da metodologia científica.

Seu resultado é o de uma profunda transformação da personalidade naqueles que a praticam regularmente, o que pode ser constatado na vida dos grandes místicos de todas as religiões.

O que é Meditação?

O termo meditação é originário do latim clássico “meditare”, que significa voltar-se para o interior, simploriamente poderíamos dizer que são práticas que nos voltam para dentro, e incluem técnicas desenhadas para treinar a atenção e concentração, a consciência corporal ou energia interna, desenvolver compaixão, amor e generosidade ou promover algum tipo de relaxamento. Embora seja praticada em diversas religiões, podemos afirmar que a meditação não é religião.

No mundo moderno, a meditação é utilizada como um exercício mental de relaxamento, foco e consciência, gerando benefícios como o gerenciamento do estresse, da ansiedade e da depressão. 

Algumas práticas visam fomentar apenas o desenvolvimento mental e outras se concentram principalmente no desenvolvimento de qualidades específicas, tais como o amor, sabedoria, ética moral e espiritual.

A meditação é, em sua essência, a arte de se manter alerta a tudo o que acontece dentro e fora de você.” Osho

Testemunhar – o espírito da meditação

Osho nos ensina que, quando você não está fazendo absolutamente nada, física ou mentalmente, quando toda a atividade cessa e você está presente, apenas existindo, chamamos isso de meditação. Sempre que encontrar um tempo para apenas ser, largue tudo o que estiver fazendo. Pensar, concentrar-se ou contemplar também são fazer algo. Se por um único momento, você não fizer nada e estiver voltado para dentro de si mesmo, completamente relaxado, isso é meditação.

MEDITAR COMEÇA POR UM CONSTANTE VOLTAR AO ESTADO PRESENTE

Meditar te leva a um estado de consciência que traz benefícios mentais, físicos e energéticos. Estudos apontam que a meditação é capaz de reduzir estresse, ansiedade, sintomas depressivos, angústias, reduz também os vícios, melhora a qualidade do sono, aumenta o foco e a disposição, contribuindo também para a memória e para o autoconhecimento.

Atentando-se para a parte mais fisiológica, vemos a diminuição da pressão arterial, o fortalecimento do sistema cardiovascular, o equilíbrio do sistema nervoso e a redução da concentração de lactato no sangue (causador de tensão).

Nota-se, então, que os pontos positivos são inúmeros! Contudo, ainda existem pessoas que não conseguem meditar, pois não conhecem as técnicas corretas e facilitadoras do processo meditativo.

Quando o vento sopra a vela do seu barco e ter desnorteia, a Meditação pode ser sua âncora!

Ela, para o barco, acalma as velas, tranquiliza o marinheiro e proporciona o tempo de calmaria necessário para acalmar a mente e compreender a situação.

Quando sua vida não está indo como o planejado, se você não consegue mais ter foco, sente que não tem tempo para respirar, vive ansioso, sufocado, preocupado… medite! Ancore seu barco! 

Se dê um tempo e encontre a paz ✨

Marild Gasha

Coordenadora de Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As postagens e artigos deste Blog são de responsabilidade de suas autoras e não expressam necessariamente a opinião da Abratantra, que se manifestará sempre editorialmente.

Mais de 100 Terapeutas Tântricas e Tântricos associadas